Profissão Consultor de Gastronomia: Conheça agora

Profissão Consultor de Gastronomia: Conheça agora

A gastronomia é uma área que possui diversos tipos de profissionais que vão muito além do chef de cozinha. Uma das possibilidades para quem quer trabalhar na área é se tornar um consultor de gastronomia, profissão que vem se destacando no nicho alimentício!

Diferentemente do chef de cozinha o consultor oferece auxílio para outros restaurantes e negócios nos quais ele aplica seus conhecimentos gastronômicos e de administração de negócios ligados à alimentação.

Continue lendo para conhecer tudo sobre essa profissão de consultor de gastronomia!

consultor de gastronomia

Veja como é o curso e a carreira de gastronomia.

Quem é o consultor gastronômico?

São chamados de consultores da gastronomia aqueles profissionais que prestam auxílio e apoio para restaurantes e outros estabelecimentos que vendem pratos, independentemente do tipo.

Essa é uma das áreas dentro do mundo gastronômico que mais vem se destacando, pois permite que o profissional trabalhe mesmo sem ter um restaurante próprio, por exemplo.

Para prestar suporte aos estabelecimentos e marcas o consultor de gastronomia necessita ter conhecimento profundo sobre o preparo de alimentos. Também, deve conhecer tendências, acompanhando as novidades e evolução da gastronomia e, ainda, ter conhecimento sobre como funciona um restaurante e outros lugares dessa natureza.

Ora, são vários conhecimentos, não é mesmo? Portanto, é exigido muito preparo e estudo do profissional para a realização de suas atividades. Quais são elas você confere a seguir.

O que faz um consultor de gastronomia?

São várias as atividades para as quais o consultor gastronômico pode se dedicar. Por exemplo, ele pode prestar auxílio para um restaurante que deseja recriar seu cardápio ou adaptá-lo.

consultor de gastronomia

Também, pode prestar serviços de forma a melhorar todo o funcionamento de um restaurante. Isso inclui a análise para melhoria do atendimento, da qualidade dos alimentos e da própria disposição física interna do estabelecimento.

Afinal, os profissionais da gastronomia não possuem conhecimento apenas sobre o preparo de alimentos, mas também sobre a administração de estabelecimentos alimentícios.

Portanto, estão entre as atividades profissionais do consultor de gastronomia:

  • Análise e desenvolvimento de plano de administração para o restaurante ou estabelecimento que o contratou;
  • Apresentação de palestras sobre o desenvolvimento de pratos e cardápios e sobre as tendências do mercado gastronômico;
  • Confecção de fichas técnicas;
  • Conhecimento sobre as boas práticas de higiene na cozinha;
  • Desenvolvimento de pratos exclusivos para um estabelecimento;
  • Elaboração ou adaptação de cardápios;
  • Escolha de fornecedores e indicação deles.

Ainda, além da elaboração de cardápios e pratos o consultor de gastronomia também é responsável por ensiná-los às equipes que irão replicá-los.

Imagine a hipótese em que um restaurante contrate um profissional para lhe prestar consultoria; nesse cenário, após o desenvolvimento do cardápio caberá ao consultor demonstrar aos profissionais que trabalham diariamente no restaurante como eles irão replicar os pratos e outros detalhes importantes.

Portanto, não basta desenvolver pratos e cardápios, é necessário ter a capacidade de ensinar o preparo deles para terceiros. Em caso contrário a consultoria não alcança o final desejado.

Para quem o consultor de gastronomia pode prestar serviços?

Assim como as atividades desse profissional os seus clientes também podem ser diversificados. São alguns deles:

  • Bares, cafés e lanchonetes;
  • Chefs que prestam serviços personalizados;
  • Fabricantes de alimentos pré-preparados;
  • Hotéis;
  • Restaurantes.

O que é preciso para se tornar um consultor de gastronomia?

Os consultores desse tipo possuem formação em Gastronomia, curso que é oferecido por diversas universidades e instituições particulares em todo o Brasil. Ele possui duração média de 02 anos.

Além disso, é possível que o consultor apenas tenha certificação em diversos cursos técnicos, cabendo ao contratante exigir ou não diploma específico.

O que é crucial nesse caso é que o profissional tenha real conhecimento sobre preparo e qualidade de alimentos. Igualmente, é imprescindível o acompanhamento de tendências gastronômicas e da evolução e lançamento de novos tipos de pratos e refeições.

Portanto, é possível que o consultor de gastronomia não tenha diploma universitário na cozinha, desde que possua conhecimento e experiência suficientes para prestar serviços na área.

Dentre as principais características esperadas de um consultor estão o conhecimento em gastronomia, habilidade de criar alimentos e reproduzir receitas, capacidade de repassar conhecimentos e boa comunicação.

Outro ponto importante é que o consultor deve ter conhecimento quanto aos produtores e fornecedores de ingredientes e matérias-primas alimentares atuam na região. É crucial que ele saiba indicar para o cliente quem são os melhores e como adquirir os melhores ingredientes possíveis para o negócio para o qual está prestando serviços.

Quais as demais atividades relacionadas à gastronomia?

Ainda, não são apenas atividades de consultoria que podem ser prestadas por profissionais com formação ou interesse na área e que vão além do trabalho como chef em restaurante próprio ou de terceiros.

Por exemplo, à profissão de consultor de gastronomia e de chef se juntam as profissões de consultores de vendas na indústria alimentícia, professor, personal chef e outros.

Conclui-se que o mercado de trabalho da gastronomia é muito amplo e pode permitir que o amante da culinária preste serviços diversificados e fora da rotina!